6 curiosidades que você sempre quis esclarecer sobre o curso de Direito

O curso de Direito é um dos mais tradicionais dentro das universidades e faculdades ao redor do mundo. Conhecer as leis e suas aplicações, defender e cobrar justiça, resolver conflitos e garantir liberdades estão entre as aptidões exigidas de um profissional da área. Por ser tão antigo e, por vezes, distante da maioria da população, uma série de dúvidas paira sobre a cabeça de estudantes interessados na área e, até mesmo, de alguns curiosos. Para esclarecer alguns pontos sobre esse universo, o professor José Nosvitz, coordenador do curso de Direito da Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre — considerado o melhor do Rio Grande do Sul pelo critério CPC do Ministério da Educação (MEC) — ajudou a elaborar uma lista com seis curiosidades acerca da formação. Confira.

1- O “glamour” dos tribunais é real?

Disputas no tribunal, costuras por acordos e um ritmo frenético de clientes e casos. Essa realidade é constantemente retratada em séries e filmes que misturam pitadas de ficção com cenários do mundo real. Para o professor Nosvitz, o fascínio e a glamourização se explicam pelo Direito lidar com um dos bens mais preciosos da humanidade: a liberdade. “Em alguns casos, como em regimes totalitários, por exemplo, pessoas colocam a luta pela liberdade até acima da própria vida, é algo que mexe com o imaginário da população”, relaciona. No entanto, ele acredita que a ideia de “glamour” está presente para muitos estudantes antes de efetivamente começar o curso e não apenas na área. “A ficção, naturalmente, aumenta um ponto, mas existe um número reduzido de alunos que se desiludem com a realidade”, completa.

2- Tenho que fazer a prova da OAB?

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) é o órgão que define as regras para o exercício profissional da advocacia no País. Para que o profissional atue em determinadas áreas do Direito, é necessário ser aprovado no exame da Ordem a fim de conquistar uma permissão. Porém, o leque de atuação de quem se forma em Direito não obriga todos os advogados a passarem na prova. Funções como professor, delegado de polícia, juiz, promotor e diversos concursos públicos não exigem a carteirinha da Ordem.

3- Tenho que ler todo o Vade Mecum?

Não. De acordo com Nosvitz, o livro, que assusta pelo número de páginas, é apenas uma  compilação de leis, em contantes mudanças, usado como material de consulta por estudantes e profissionais. O professor, no entanto, ressalta que ao longo do curso os estudantes são instigados a ler bastante. “O advogado precisa agregar muito conhecimento ao decorrer de sua carreira. Não apenas acerca das leis, mas de cultura geral. Uma formação profissional de excelência, além de técnica, exige do aluno manter a mente aberta para absorver as particularidades da sociedade”, alerta.

4- Preciso decorar as leis?

Não! Nesse ponto o professor é enfático na negativa. “Decorar não é inteligente, pois as leis não são eternas e podem mudar. Em situações específicas, como para a prova da OAB, talvez seja necessário memorizar alguma coisa, mas o que acontece geralmente é decorar por conta da repetição do uso no dia a dia”, opina.

5- Os estagiários dos escritórios de advocacia trabalham demais?

Outro ponto referido à exaustão por séries e filmes que tem a advocacia como tema é a alta exigência e o insano ritmo de trabalho nos escritórios e a pressão que recai sobre os estagiários. Segundo Nosvitz, graças à recente Lei do Estagiário, o cenário se encaixa apenas nas representações dramáticas da ficção. “É claro que quanto mais aptidão e esforço o estagiário mostrar, maior a chance de ser efetivado, mas abusos podem ser enquadrados em processos trabalhistas, então, creio que não fazem mais parte da realidade”, avalia.

6- Tenho boas opções de faculdade em Porto Alegre?

Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre possui excelentes indicadores de desempenho na prova da OAB e no Enade. O curso de Direito é considerados o melhor do Rio Grande do Sul pelo Conceito Preliminar de Curso (CPC), do Ministério da Educação. Além disso, a Dom Bosco possui crédito estudantil próprio para auxiliar os alunos que precisam financiar o pagamento de suas mensalidades. Com o CredBOSCO, os estudantes custeiam 50% do valor da sua graduação, e ainda têm o dobro de tempo para pagar a diferença sem cobrança de juros.

Além do Direito, outros cursos como Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia de Produção, Administração, Ciências Contábeis, Sistemas de Informação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Logística compõem a gama de cursos oferecidos pela Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre. O vestibular acontece no dia 29 de novembro, quinta-feira, às 19h30. Quem se inscrever pela internet e adicionar o código promocional DOMBOSCORBS terá 50% de isenção na taxa de inscrição.

 

Fonte: Gauchazh

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *